Recomendados que foram para estarem pontualmente as 14h00min, por mais incrível que pareça quase todos foram pontuais. Como se houvessem combinado chegaram todos tendo à frente o velho Gustavo Tramatulo, seu neto Santiago e logo atrás  ziguezagueando com suas canelas finas o ídolo riverense  Roberto Castillo (sempre carregando seu palheiro aromatizado) que conversava animadamente com o   sorridente Pedro Bustamante. Não muito distante um trio se destacou. Era o aprendiz de professor com suas bochechas rosadas Iure Alves da Silva que combinava animadamente alguma coisa com seu amigo Matheus Fernandes que parece estar sempre assustado – do contrário de Fernando Fernandes que não para de afagar sua frondosa cabeleira como se fosse um índio Apache Norte Americano. A grande compleição de Gabriel Ramos com sua vasta barba negra e considerável altura  quase encobriu o restante da turma  que adentravam no átrio da escola.

Difícil não foi identificar o meio fechado de sorriso também incontido Sandro Alex,

 

 

 

 

 

 

pois rivaliza em altura com o sobrinho do Castillo e se destaca no brilho de sua fontanela e chumaços de cabelos grisalhos lembrando personagem Reed Richards, super-herói da editora norte-americana Marvel Comics e líder do Quarteto Fantástico, mais conhecido como Homem Elástico. Este vinha acompanhado dos filhos Virgínia e Felipe. Acanhado e muito tímido se apresentou Alfredo Avilloz sempre bem alinhado e vestindo um manequim que identifica as cores de seu CLUBE SARANDI UNIVERSITÁRIO. Por fim, e  não menos caricato entraram correndo na sala de jogos o imperador Trajano dividindo espaço na porta com o  porteño de Buenos Aires León Cáceres que resolveu dar um trato na juba e vez um penteado retro deixando mais visíveis suas feições argentinas

Com apenas um insignificante atraso de três minutos o Torneio 977 teve seu início  – lembrando que a hora marcada sempre é as 14h00min para iniciarmos 14h30min, desta vez um pouco de conversa fiada no pátio da escola foi o motivo deste atraso – uma vez que todos os quinze inscritos já haviam chegado. De última hora, porém, atrasado e como de costume o representante curitibano (não torcedor do time Coritiba, mas oriundo da capital paranaense, Curitiba) Leonardo Araújo chegou como uma bala, mas não deu tempo – o torneio iniciara e ele teve que esperar a segunda rodada.

Sempre de bem com a vida, como recomenda a cartilha  do experiente e experimentado advogado Leonardo Araújo ele aproveitou que ficara de fora na primeira rodada e tratou de traçar o perfil de cada possível adversário que certamente enfrentaria. Não esqueçamos que seriam seis rodadas e ele teria ainda cinco pela frente. Estava no páreo ainda. E reparou que na mesa um estava o grande Roberto Castillo  não

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

medindo esforços para derrotar o candidato a garoto propaganda de creme dental Pedro Bustamante.  Ao seu lado testemunhou Iure ficar com as bochechas mais vermelhas do que o normal quando perdeu para o Imperador Trajano. Com as mãos atrás da cintura – caminhou calmamente entre as mesas analisando as partidas e ficou espantado ao ver o velho e bom Tramutolo sufocar até o mate o assustado Matheus Fernandes.  De relance viu à distancia o duble de super-herói da Marvel Reed Richards, mesmo de brancas – sucumbir perante seu algoz. Araújo  passou a mão nos cabelos – arrumou seus óculos e apertou o passo para ver como terminara a partida. Tudo em vão. Assim que encerrou eles prontamente arrumaram as peças deixando Mejito  a ver navios. Leonardo  ficou cabreiro. E não tirou os olhos do Fernando, pois logo percebeu que tinha o fenótipo de jogador, cabelos longos, lisos e cara de meio louco

 

ENFIM, PÔDE JOGAR…

As demais partidas nem teve tempo de observar. Estava ansioso demais. Não deixava de olhar o relógio e louquinho da vida para começar a jogar.

Finalmente emparceiraram a segunda  rodada, que para Mejito era a primeira. Tocou jogar na mesa dois de negras contra o menino tímido e bem educado trajando as cores do Uruguai. Mesmo frio jogou tranquilo, pois observara Alfredo dar xeque-mate pastor em Virginia de Quadros na mesa seis e não ficou nem um pouquinho impressionado. Não encontrou nenhuma resistência. Tampouco cansou. Teve tempo de sobra para cubar a partida da mesa um onde Roberto Castillo aplicou um espetacular xeque-mate no argentino da juba retro em pouco mais de 10 lances.  Aqui, sim, Leonardo meio que se assustou. O Castillo não é de brincadeira. Seus 2008 de Rating não foram conquistados à toa. Mas o que mais preocupava Mejito não era só o Elo alto do Roberto, mas o ritmo de torneio. RC além do mais estava mais ambientado com local, as pressões e conhecia seus adversários. Araújo estava literalmente debutando – tanto isso é verdade que se atrasou porque se perdeu e teve que pegar um táxi.

O restante do certame transcorreu na relativa monotonia. Fortes vencendo os fracos – os que ganhavam insistiam em imitar o sorridente Pedro Bustamante ao passo que a cara fechada dos perdedores lembrava um misto do cruzamento entre as bochechas vermelhas do Iure com o semblante sempre sisudo e fechado do Sandro. Contudo ao final se destacou uma surpresa que ninguém imaginava.

 

O relógio no alto,à vista de todos acimada da cobiçada mesa um marcava 16h37min quando o pessoal começou a se ajeitar para ultima rodada das seis programadas do Torneio número 977 do Bobby Fischer Xadrez Clube que almeja em breve atingir a milésima atividade, quiçá um recorde no gênero. Mas vaidades à parte – o encontro deste último domingo dia 21 de julho nas dependências da escola Celina Vares Albornoz foi um dos mais tranquilos e pontuais de que se tenha lembrança e marcou a remissão e ressurreição de um jogador que há muito não vencia. Das seis partidas ele ganhou cinco. Deu uma lição bem merecida no Araújo na mesa UM  jogando-o na terceira colocação tendo como seu arauto em segundo lugar o Imperador Trajano e, mesmo  no alto de seus 62 anos ainda teve forças para levar dois  levar para  o quarto – Castillo e Iure.

 

 

PREMIAÇÃO:

 

 

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)

   
© 2012 Bobby Fischer Xadrez Clube Desenvolvido por PHD Soluções Digitais